Follow by Email

Wednesday, July 20, 2011

Não te lembras? Como o Amor era tão bonito e simples?



(O professor manda-os para a rua)
Rapariga – Estás a ver? A culpa é tua!
Rapaz – Minha?
Rapariga – Sim, para que é que foi aquela cena toda?
Rapaz – É o meu ser rebelde a manifestar-se!
Rapariga – Olha, se isso é rebeldia, vou ali e já venho!
Rapaz – Mas eu não quero que vás! (Beija-a)
Rapariga – O que foi isto?
Rapaz – Não digas nada.
Rapariga – Tens razão, é melhor quando não falas…

No comments: