Follow by Email

Wednesday, July 20, 2011

Amores a patinar...

Rapaz – Não se preocupe! Eu tenho uma grande prática de massagens!
Rapariga – Mas eu não estou a precisar de massagens! Estou a precisar de gelo!
Rapaz – E se experimentar tirá-lo do seu coração?
Rapariga – Está a armar-se em parvo?
Rapaz – Não, estou a dizer que apesar de ter os olhos quentes o seu coração é gelado.
Rapariga – Não me venha com cenas de engate manhoso que eu não estou pr’aí virada!
Rapaz – Agora ofendeu-me!
Rapariga – Desculpe…
Rapaz – Posso acompanhá-la a casa?
Rapariga – A casa…?
Rapaz – Sim, não está capaz de andar…
Rapariga – A minha mãe disse para eu não dar confiança a estranhos.
Rapaz – Muito prazer. Eu sou o Luis. Agora já não sou um estranho.
Rapariga – Lá atrevido é!
Rapaz – Posso então acompanhá-la a casa?
Rapariga – Mas ainda não sabe o meu nome…
Rapaz – Tem tempo de o dizer pelo caminho…

No comments: