Follow by Email

Monday, May 11, 2015

As voltas que a vida dá

A peça "O meu Soldadinho de Chumbo" inicia-se com os actores todos no palco. Ao fim de uns minutos começa-se a ouvir uma música bonita, da autoria de J.S. Bach, que dá mesmo vontade de acordar. Os habitantes da cidade espreguiçam-se, levanta-se e saem para a rua.
Um casal apaixona-se. Ela está numa cadeira de rodas e ele caminha ao lado dela. A cidade vê aquela ligação de diferentes e aponta num gesto de discriminação. No entanto, os que têm dedos acusadores, acabam por perceber que o amor supera tudo e tem força sobre tudo.
Dias depois os homens recebem uma carta para irem para a guerra em África.
O casal principal casa e comemoram o casamento dançando ao somde uma valsa muito triste. Despedem-se com uma noite de amor, antes dele partir. Durante a ausência do companheiro ela começa a recuperar e dá os primeiros passos.
Por ironia do destino o protagonista é alvejado durante a guerra e acaba numa cadeira de rodas, como a amada estava. Mas ele regressa para os braços da sua amada e da sua filhinha que ainda não conhecia e o casal mostra que o Amor ultrapassa todos os obstáculos. A última música deixa uma mensagem de esperança.
                                                                                                                  Fernando Silva

No comments: